A transformação moderna de “Goosebumps” erra o alvo

A transformação moderna de “Goosebumps” erra o alvo

A tão esperada reinicialização de “Goosebumps” está finalmente disponível no Disney+ e Hulu. Descubra esta nova versão aterrorizante da famosa série infantil.

Uma adaptação fora do tópico

Infelizmente, esta nova versão de “Goosebumps” se afasta muito do espírito dos livros originais. Com atores como Justin Long, a série dá uma guinada mais próxima do reboot de “The Nightmare Hour”. O tom de terror é mais pronunciado, abandonando assim o lado fantástico e infantil dos livros originais. A série permanece parcialmente fiel aos materiais originais, mas isso dá uma sensação de novidade, não necessariamente positiva.

Uma trama contínua

Novidade nesta temporada: cada episódio é inspirado em um livro diferente de “Goosebumps”, mas um enredo abrangente conecta todos eles. Seguimos assim o fantasma de um estudante do ensino médio que morreu num incêndio, que agora busca vingança.

Personagens clichês

Os roteiristas também queriam modernizar os livros e as séries originais, mas se afastaram da realidade dos adolescentes. Resultado: personagens egocêntricos insuportáveis ​​que deixam seus amigos se machucarem ou até morrerem. Essa visão moderna dos personagens os transforma em simples estereótipos: o esportista, o hacker inteligente, o sarcasmo cortante e até um novo professor rigoroso. Claro, a série ainda está em seus estágios iniciais e os personagens têm potencial para evoluir, mas no momento eles são insuportáveis.

Decorações de sucesso

O melhor da série são os cenários, principalmente a casa Biddle. Esta velha mansão ligeiramente queimada, onde o protagonista principal perdeu a vida há 30 anos, é exatamente o tipo de lugar assustador que as crianças precisam. Com seus lustres elaborados e móveis empoeirados, esta casa é um dos principais locais ao lado da escola. É também aqui que se localizam a maioria das lendas do programa e é uma parte fundamental do enredo em diversas ocasiões.

Um lado horrível marcado

Esta série já não tem muito em comum com a versão antiga dos anos 90, onde tudo era claramente falso e risível. Esta nova adaptação dá uma guinada muito mais assustadora. Embora mantenha a classificação “TV-14”, certamente não se destina a telespectadores mais jovens. Sendo transmitido no Disney+, plataforma mais voltada para conteúdos infantis e familiares, muita gente esperava que essa versão de “Goosebumps” carecesse do terror e da violência moderada que oferece. Desde o primeiro episódio, podemos ver um personagem queimado vivo e outro cuja pele derrete e gruda no que toca.

Potencial de melhoria

Concluindo, esta nova versão de “Goosebumps” tem potencial, principalmente se for renovada para uma segunda temporada. Os muitos fãs dos livros e da série antiga provavelmente permitirão que esta nova versão dure várias temporadas. Esta adaptação parece ser voltada para a geração atual que cresceu com os livros de RL Stine e não mais para um público de alunos do ensino médio como a primeira série e os livros originais. A série ainda tem tempo para melhorar e pode apresentar personagens mais icônicos dos livros.

Nota geral: C+

Fonte: umlconnector.com

Avatar photo

Sylvain Métral

J'adore les séries télévisées et les films. Fan de séries des années 80 au départ et toujours accroc aux séries modernes, ce site est un rêve devenu réalité pour partager ma passion avec les autres. Je travaille sur ce site pour en faire la meilleure ressource de séries télévisées sur le web. Si vous souhaitez contribuer, veuillez me contacter et nous pourrons discuter de la manière dont vous pouvez aider.