Cassandro: a crítica – Gael García Bernal no topo em uma animada biografia de wrestling

Cassandro: a crítica – Gael García Bernal no topo em uma animada biografia de wrestling

Cassandro: o filme que reinventa o gênero de filmes sobre atletas

Um mergulho no mundo da lucha libre

Cassandro, com Gael García Bernal no papel principal, centra-se num mundo raramente abordado por Hollywood: a lucha libre, uma forma muito teatral de luta mexicana de estilo livre, onde o camp e o machismo se fundem numa harmonia imperfeita.

Saúl Armendáriz, interpretado por Gael García Bernal, é um jovem texano de origem modesta que começou na lucha libre aos 15 anos. Seu olhar vivo e corpo esguio contrastam com a bravata que ele aplica durante os treinos. Saúl é um exótico, um lutador masculino que traz elegância ao ringue ao pegar emprestados estereótipos gays extravagantes. Ao contrário de muitos outros exóticos da época, Saúl era abertamente gay e conquistou vitórias, tornando-se o primeiro a conquistar o título dos leves da Universal Wrestling Association.

Uma história que é ao mesmo tempo esportiva e traumática

Cassandro retrata os altos e baixos da vida de Saúl, tanto esportivos quanto pessoais. Apesar de uma mãe amorosa, ele enfrenta as difíceis realidades dos anos 80: um pai religioso que o abandonou ao revelar sua homossexualidade, um amante que se recusa a abandonar a esposa. A história é tanto um conto de trauma gay quanto uma aventura esportiva, já que ambos os fios narrativos terminam com notas de resiliência, mas às vezes faltam foco. Como é que Saúl se tornou tão popular apesar dos insultos homofóbicos do público? A resposta não é clara.

Um filme dirigido por Gael García Bernal

O que há de mais admirável em Cassandro é o empenho de Gael García Bernal. As cenas de luta são filmadas com integridade, sem cortar a ação para esconder as frases curtas. A câmera acompanha com energia a atuação de Bernal, que é particularmente bom em interpretar personagens confiantes e mutáveis, como em Y Tu Mamá También, Bad Education e no filme Cassandro. A personalidade arrogante de Saúl no ringue contrasta com a do lutador de coração mole que só deseja poder dar um bom lar para sua mãe.

Um espírito festivo e inspirador

Cassandro celebra a história pouco conhecida da lucha libre e nos leva a um universo dinâmico. É um filme sobre o espetáculo e a recusa em nos conformarmos com o papel que nos foi atribuído. Saúl queria ter sucesso e o filme de Roger Ross Williams oferece a Gael García Bernal, um dos melhores atores da atualidade, a oportunidade de brilhar.

Data de lançamento: sexta-feira, 22 de setembro no Prime Video

Com: Gael García Bernal, Raúl Castillo, Bad Bunny, Perla de la Rosa, Roberta Colindrez

Diretor: Roger Ross Williams

Roteiro: David Teague e Roger Ross Williams

Para fãs de: Lycra e histórias inspiradoras de heróis desconhecidos

Fonte: www.tvguide.com

Avatar photo

Sylvain Métral

J'adore les séries télévisées et les films. Fan de séries des années 80 au départ et toujours accroc aux séries modernes, ce site est un rêve devenu réalité pour partager ma passion avec les autres. Je travaille sur ce site pour en faire la meilleure ressource de séries télévisées sur le web. Si vous souhaitez contribuer, veuillez me contacter et nous pourrons discuter de la manière dont vous pouvez aider.