Disney+: Mais do que uma série de Star Wars e Marvel, uma importante oferta diversificada

Disney+: Mais do que uma série de Star Wars e Marvel, uma importante oferta diversificada

Disney+: a estranha estratégia do serviço de streaming da Disney

Falta de diversidade de conteúdo

O Disney+ enfrenta dificuldades em muitas frentes, mas sua filosofia de conteúdo pode ser a mais estranha. Embora continue sendo obrigatório para pais com filhos, como plataforma de streaming voltada para um público mais maduro, o Disney+ oferece, na melhor das hipóteses, um único programa que provavelmente interessará a esse público em um determinado momento.

Esta é uma série Star Wars ou uma série Marvel.

Uma multiplicação de séries, mas não uma solução

É verdade que o seu ritmo de produção acelerou. Anteriormente, havia uma ou duas séries por ano. Agora, os lançamentos estão acontecendo em rápida sucessão para incentivar os fãs a não cancelarem suas assinaturas. Por exemplo, houve exatamente dois dias entre o final da 1ª temporada de Ahsoka e o início da 2ª temporada de Loki.

Porém, é tolice pensar que esse ritmo pode durar indefinidamente. Mesmo nesse plano de multiplicação de séries, a Disney já admite gastar dinheiro demais em programas caros e bagunçados, como evidencia o fracasso de Invasão Secreta, um investimento de 200 milhões de dólares. Agora, Kevin Feige está reduzindo o tamanho das produções e privilegiando as séries de televisão em vez das minisséries que preparam os filmes.

Falta de conteúdo diversificado

Mas isto não resolve o problema essencial: a falta de diversidade de conteúdos. A Disney está reduzida a explorar desesperadamente suas franquias, daí o aparecimento de programas como Gárgulas de ação ao vivo (?). Pode-se argumentar que o Hulu é a versão “adulta” do Disney+, mas a assinatura combinada é muito mais cara. Na semana passada, o preço do Hulu aumentou de US$ 15 para US$ 18 por mês, enquanto o Disney+ aumentou de US$ 11 para US$ 14 por mês. São um total de cinco pacotes para combinar todos esses serviços, alguns dos quais também incluem ESPN+. Uma versão do Disney+ e do Hulu, com anúncios, agora custa US$ 15 por mês, em comparação com US$ 20 por mês sem anúncios.

Retornar a um modelo “semelhante a um cabo”

É um sistema estranho e, mais do que qualquer outro serviço, estamos voltando a um modelo tipo cabo. É realmente estranho que um serviço como o Disney+ ofereça apenas uma série Star Wars ou Marvel por vez, enquanto concorrentes como Apple TV+ ou HBO Max oferecem muito mais conteúdo. Até a Netflix, apesar de suas falhas, tem uma biblioteca de conteúdo enorme e em constante expansão. A pesquisa pode ser entediante, mas as pepitas estão aí. E eles são muito mais facilmente acessíveis no Netflix do que no Disney+.

Fonte: www.forbes.com

Avatar photo

Sylvain Métral

J'adore les séries télévisées et les films. Fan de séries des années 80 au départ et toujours accroc aux séries modernes, ce site est un rêve devenu réalité pour partager ma passion avec les autres. Je travaille sur ce site pour en faire la meilleure ressource de séries télévisées sur le web. Si vous souhaitez contribuer, veuillez me contacter et nous pourrons discuter de la manière dont vous pouvez aider.