Manifestante de 'Love is Blind' processa Netflix e produção em milhões

Manifestante de 'Love is Blind' processa Netflix e produção em milhões
Manifestante de “Love is Blind” processa Netflix e produção em milhões

Candidato ao programa Love Is Blind 5ª temporada processa Netflix

Renee Poche, candidata à 5ª temporada de Love Is Blind, apresentou queixa contra a Netflix e a produtora Delirium TV. Ela afirma que sofreu prisão no programa e entrou em contato com um parceiro perigoso.

As afirmações de Renée Poche

Renee Poche afirma que foi forçada a assinar um “acordo de talentos excessivos e ilegais” por sua participação em Love is Blind. Ela afirma que a equipe de produção apreendeu seu telefone, passaporte e carteira de motorista em sua primeira noite em Los Angeles, e que ela ficou isolada em seu quarto de hotel durante os períodos sem filmagens.

Relacionamento tumultuado com o noivo do show

Renee Poche diz que foi forçada a se envolver com um participante chamado Carter Wall, escolha que ela considera imprudente por parte da produção. Ela afirma que Carter Wall mostrou sinais de periculosidade e problemas comportamentais que a aterrorizaram durante as filmagens.

Experiências traumáticas para Renee Poche

Renée Poche declara ter passado por uma experiência “traumática” durante sua participação em Love Is Blind, sentindo-se sozinha e com pouco apoio em uma situação que considerava perigosa. Ela diz que sofreu pressão da produtora apesar do salário escasso pela participação no programa.

A decisão de Renee Poche de revelar a verdade dos bastidores do programa resultou em uma ação judicial da Delirium TV, levando-a a contratar advogados poderosos para defender seus direitos.

Fonte: www.etonline.com

Avatar photo

Sylvain Métral

J'adore les séries télévisées et les films. Fan de séries des années 80 au départ et toujours accroc aux séries modernes, ce site est un rêve devenu réalité pour partager ma passion avec les autres. Je travaille sur ce site pour en faire la meilleure ressource de séries télévisées sur le web. Si vous souhaitez contribuer, veuillez me contacter et nous pourrons discuter de la manière dont vous pouvez aider.